Motores a diesel revolucionam o desenvolvimento de carros no Japão

kintaroApesar do escândalo de fabricantes no Japão, a divisão de luxo da Daimler AG Mercedes-Benz disse na segunda-feira que pretende dobrar a proporção de carros que vende no Japão este ano, que têm motores diesel, não se incomodar com um escândalo de emissões que enervou Volkswagen AG.

Kintaro Ueno, presidente e executivo-chefe da Mercedes-Benz Japão, disse que os veículos a diesel foram responsáveis ​​por cerca de 4-5 por cento de suas vendas japonesas no ano passado. Ele disse que os carros à diesel estão na demanda por causa de sua eficiência de combustível em longas distâncias.

Falando no Japão lançamento da classe C de veículos à diesel da montadora, Ueno disse que não houve impacto sobre as vendas de admissão da Volkswagen pares alemão de que tinha usado software para contornar estes veículos à diesel quanto a testes de emissões. “Vamos continuar a perseguir ativamente o negócio de diesel”, disse ele.

O escândalo sobre falsificação da Volkswagen das emissões de veículos nos Estados Unidos lançou uma sombra sobre as perspectivas para a indústria do diesel. Daimler disse que não tenha se envolvido em conduta similar.

O diesel de classe C será o modelo de diesel 10 da Mercedes-Benz oferecido no Japão de um total de 26 modelos.

A montadora também está vendo vendas robustas global no Japão. No primeiro semestre de 2015 superou a Volkswagen como mais vendido do Japão importou marca de carro pela primeira vez em 16 anos.

Jonathan Silva

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


nove × 3 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>