Fique por dentro dos transformadores secos

Transformadores à seco - são leopoldo diesel
Nesse artigo vamos falar sobre o que são os tranformadores secos, ou bem conhecidos também por transformadores à seco. Nesse artigo você saberá como atuam e onde são empregados. Clique para prosseguir.

Existem duas categorias principais para transformadores à seco – “VPI” e Encapsulados em resina epóxi (“cast resin”). VPI (“Vacuum Pressure Impregnation”) Este é o transformador à seco convencional que tem sido mais fabricado ao longo das últimas décadas. A sua classe
de isolamento térmico padrão é de 220°C, com um diferencial de temperatura de 150°C sobre uma temperatura ambiente de 30°C (AA). Como opcional, podem ser instalados ventiladores neste tipo de transformador, para melhorar sua refrigeração, o que permite um aumento de 33% na sua potência nominal (Tipicamente denominado como AA/FA na classificação de potência). Esta versão corresponde ao transformador à seco mais barato do mercado.

Transformadores à seco convencionais devem ser usados somente nas aplicações onde seu funcionamento seja contínuo. Os seus enrolamentos, embora encapsulados com verniz, podem se degradar devido à umidade.

Encapsulado em resina epóxi (“Cast Resin”)

Outra categoria de transformador à seco são os transformadores encapsulados em resina (“cast resin”). Transformadores encapsulados em resina são divididos em duas subcategorias: “full cast” e “unicast”.

Tranformador “Full Cast”:
Em um transformador “full cast”, cada enrolamento individual é completamente encapsulado por uma resina epóxi. O processo de encapsulamento dos enrolamentos
é feito dentro de uma câmara de vàcuo que permite que uma resina epóxi flua através dos enrolamentos preenchendo todos os espaços. Como resultado deste processo a resina epóxi, depois de seca, atua simultaneamente como um isolamento dielétrico e como um
reforço para a robustez estrutural durante condições de falha. A sua classe de isolamento térmico padrão é de 185°C, com um diferencial de temperatura de 80°C ou 115°C acima de uma temperatura ambiente de 30°C.

Como opção, ventiladores (FA) podem ser instalados, o que permite um aumento de 50% na potência nominal sobre a base de classificação AA. Transformadores “full cast” são os transformadores à seco mais caros do mercado, todavia, a umidade não é um problema nestes transformadores, então eles são apropriados para aplicações de energia  não-contínuas.
Transformadores “Unicast”:
Este é uma variação do processo “full cast”. Ao invés de encapsular cada enrolamento individualmente em resina epóxi, os núcleos primários e secundários são encapsulados
simultâneamente em resina epóxi formando uma camada protetora de resina em torno do conjunto de bobinas primárias e secundárias. Normalmente, os enrolamentos individuais são isolados com verniz como no transformador à seco convencional. A sua classe de isolamento térmico padrão é de 185°C, com um diferencial de temperatura de 100°C acima de uma temperatura ambiente de 30°C (AA). Como opcional, podem ser instalados ventiladores neste tipo de transformador, para melhorar sua refrigeração, o que permite um aumento de 33% na sua potência nominal.

Jonathan Silva

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


3 + = oito

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>