Falta de abastecimento para transporte publico coletivo obriga empresas de transporte privado a reduzir frota

falta de ônibus em campinasEm algumas regiões do país, o transporte foi reduzido, clique para saber mais.

A prefeitura da cidade e região de Campinas havia divulgado na tarde da quinta-feira dia 24 restrições no Programa de Acessibilidade Inclusiva (PAI), que é um transporte adaptado gratuito para pessoas com mobilidade reduzida em Campinas (SP), por causa do desabastecimento de combustível em todos postos da região.

“Ainda nesta sexta-feira e também no sábado, dias 25 e 26 de maio, haverá apenas atendimento para os usuários fixos que realizam sessões de hemodiálise, quimioterapia e também de radioterapia. No domingo, 27 de maio, em função dos agendamentos serem basicamente para lazer, não haverá qualquer atendimento”, informa a nota publicada.

Já no terminal Ouro Verde, os passageiros enfrentam as longas filas nas primeiras horas do dia, enquanto ainda haviam 60% da frota de ônibus em circulação. São cerca de 28 linhas e cerca de 65 mil passageiros por dia. O tempo de poder esperar que era de 5 minutos agora passa das 2 horas.

Já a situação das Linhas metropolitanas, a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) informou na tarde da quinta-feira dia 24 que a frota em operação na Região Metropolitana da cidade  de Campinas é cerca de 50%. “Todas nove permissionárias da região operam 150 linhas com uma frota de cerca de 500 veículos, transportando em média 160 mil passageiros por dia”, diz a nota.

Jonathan Silva

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


nove − = 7

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>