Como funciona a combustão interna

motor de combustão internaO motor de combustão interna é uma máquina térmica que transforma a energia proveniente de reação química em energia mecânica. O processo dessa conversão se dá através dos ciclos termosexamicos que incluem expansão, compreensão e mudança de temperatura e gases. É considerado motores de combustão interna os quais utilizam de próprios gases de combustão, como um fluído de trabalho. Ou seja, são os gases que utilizam os processos de compreensão junto a queima de combustíveis, expansão e a exaustão. Desta forma, esse tipo de motor distinguem – se dos ciclos de combustão externa porquanto os processos de combustão ocorrem externamente ao motor, os gases possuem um papel de transferir o calor a um segundo fluído de trabalho, como ocorre nos ciclos Rankine.
A combustão interna nos motores é o que caraterizou o nome de motores a explosão. Esta denominação, apesar de frequente não é tecnicamente correta. De certa forma, o que ocorre no interior de das câmaras de combustão não é uma explosão de gases, o que impulsiona os pistões é o aumento da pressão interna da câmara, ocasionado pela combustão. O que podemos denominar de explosão é na verdade, uma denotação de gases que deve ser evitada nos motores de combustão interna, a fim de proporcionar maior durabilidade dos mesmos e menores volumes de emissões de poluentes atmosféricos provenientes da dissociação de piogenio nitrogenio.
Os motores a diesel possuem a características pela ignição por compressão. O fluído de trabalho, normalmente o ar, é comprimido sem ser misturado ao combustível e quando o combustível injeto no fluído comprimido e quente se inflama.

Jonathan Silva

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


três + 4 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>